terça-feira, 9 de janeiro de 2018

TOV 1953: VASCO, CAMPEÃO DE TORCIDAS

Dentre os principais títulos conquistados pelo C. R. Vasco da Gama nos Jogos Infantis de 1953, temos a destacar o de Campeão de Torcidas, a maior e mais alegre competição desta empolgante e sensacional Olimpíada Mirim, que teve na tarde de anteontem realizado seu último capítulo desportivo, e consequentemente o encerramento de todas as jornadas em que estiveram reunidos cerca de dez mil atletas mirins, defendendo as cores de suas agremiações, não só nas praças de desportos, como também, nas arquibancadas onde eram travados os mais sugestivos duelos.
Na competição de Torcidas o grêmio da Colina, desde as suas principais realizações, assumiu a liderança, para não mais ceder esta posição a nenhuma das agremiações participantes, chegando a seu término com uma boa margem de pontos sobre a segunda colocada que foi a representação do Fluminense. Os torcedores do Vasco, dezenas de vezes deram provas do quanto eram capazes e que estavam dispostos a conquistar esta galhardão máximo, como de fato e de direito o conquistaram. Os aficionados cruzmaltinos, dentro da mais férrea disciplina, foram durante todo o desenrolar desta alegre competição, que por sinal, se inicia no Desfile de Abertura e somente termina, com a realização da última peleja dos Jogos, responsáveis diretos pelos alegres ambientes de nossas praças de desportos, com seus gritos de guerra, os famosos, Casaca.

A VIBRAÇÃO E O ENTUSIASMO VASCAÍNO.
Numa das muitas vezes em que os torcedores do grêmio de São Januário puderam dar expansão a todo seu entusiasmo foi quando por ocasião das conquistas dos títulos máximos de voleibol feminino, conquistados no Ginásio do Instituto Nacional de Surdos e Mudos, onde fizeram um verdadeiro carnaval, após o término da peleja. A vibração e o entusiasmo dos aficionados do Vasco, foi algo de indescritível, transformando mesmo o Ginásio do INSM pequeno demais para conter toda aquela multidão vibrátil e entusiasta que afluiu no local. Por duas vezes estas manifestações de entusiasmo foram levadas a efeito.

EGLAIR, A CHEFE DA TORCIDA CAMPEÃ
Com eficiência, entusiasmo e muita dedicação, a Senhorita Eglair, filha do Diretor da Divisão da Educação Cívica, Albino de Souza Goulart, chefiou a Torcida Organizada do Vasco da Gama, que de forma brilhante conquistou o título máximo da mais interessante e empolgante competição dos Jogos Infantis de 1953. Soube conduzir seus comandados a vitória. Com esta conquista os Vascaínos sob a direção de Eglair, alcançaram um título dos mais expressivos nos Jogos de 1953 o de Campeão das Torcidas.
Fonte: Jornal dos Sports 18 de Junho de 1953

TOV Jornal dos Sports 1953

TOV Jornal dos Sports 1954

Nenhum comentário:

Postar um comentário